Sites amigos

Sábado, 16 de Novembro de 2013

A Mulher Mais Bonita do Mundo...








...estás tão bonita hoje. quando digo que nasceram 
flores novas na terra do jardim, quero dizer 
que estás bonita. 

entro na casa, entro no quarto, abro o armário, 
abro uma gaveta, abro uma caixa onde está o teu fio 
de ouro. 

entre os dedos, seguro o teu fino fio de ouro, como 
se tocasse a pele do teu pescoço. 

há o céu, a casa, o quarto, e tu estás dentro de mim. 

estás tão bonita hoje. 

os teus cabelos, a testa, os olhos, o nariz, os lábios. 

estás dentro de algo que está dentro de todas as 
coisas, a minha voz nomeia-te para descrever 
a beleza. 

os teus cabelos, a testa, os olhos, o nariz, os lábios. 

de encontro ao silêncio, dentro do mundo, 
estás tão bonita é aquilo que quero dizer. 

José Luís Peixoto


soflor às 19:00

| Coloquem a vossa pétala
|

Pétalas alheias:
De a 17 de Novembro de 2013 às 05:39
Nunca fui tão feliz como durante essas noites. Fechava os olhos e
via-a dentro de mim. A mulher mais bonita do mundo. E ia conhecendo
mais do seu rosto, ia conhecendo mais do seu olhar que me via e que
brilhava. Ficávamos durante horas só a olharmos um para o outro. Às
vezes, fechava os olhos para a ver quando era de noite. Depois, havia
uma luz que começava lentamente a atravessar-me as pálpebras. Abria os
olhos, e era já de dia. Naquelas horas, conhecemo-nos. Eu via uma
mulher que me olhava: os seus olhos atentos a cada brilho com que os
meus olhos interiores lhe diziam que qualquer coisa na beleza ou no
mundo me conduzia para ela. Naquelas horas, sem falarmos,
construíram-se certezas dentro de nós. Ainda hoje o não sei explicar.
A beleza, como o amor, são mistérios proibidos. Naquelas horas, a
beleza e o amor eram simples. Nos nossos olhares, abriam-se caminhos
para a beleza e para o amor. Eu olhava para ela no mesmo momento em
que ela olhava para mim. Esse era o mistério, o milagre, o labirinto
simples que usámos para nos conhecermos e para dizermos palavras de
silêncio: palavras maiores, profundas, abismos, palavras que eram de
sangue e que ali, eu um rapaz, ela uma rapariga, pareciam palavras de
sol terno, e de sol suave, e de sol brando. Sei hoje que, durante
aquele tempo, amava e era amado. Durante aquele tempo, a beleza da
mulher de luz que estava dentro de mim, tinha-se misturado com esse
sentimento. Esse sentimento. Esse sentimento que era um entusiasmo a
mandar em todos os meus instantes, uma febre de onde não conseguia
sair mesmo que quisesse, esse sentimento que era uma palavra: amor:
uma palavra estranha porque era importante, eu achava que era uma
palavra importante, mas sabia que era uma palavra que eu, desde os
meus dezasseis anos, tinha tornado vulgar. Esse sentimento que era uma
palavra, e eu perguntava-me a mim próprio sobre quantas pessoas a
teriam tornado vulgar. Eu sentia que sentia totalmente esse
sentimento. Amava e era amado.

José Luís Peixoto


Comentar post

Espaço onde vou espalhar as minhas pétalas... o meu verdadeiro Eu........

Eu...

Pétalas recentes

...Como nuvens...

... nada e algo....

... tarde..

Inconstância...

... um dia ...

tags

(padre) vasco pinto de magalhães(1)

2009(1)

a. manzoni(1)

affonso romano de sant'anna(1)

albano martins(1)

alberto caeiro(2)

alberto de serpa(1)

alberto moravia(1)

alexandre o`neill(1)

alice vieira(1)

allan julianelli(1)

almeida garret(1)

alvaro de campos(1)

amizade(1)

ana hatherly(1)

ana luísa amaral(1)

ana teresa silva(1)

angélica teresa almstadter(3)

anna akhmátova(1)

antero de quental(1)

antónio feijó(1)

antónio mega ferreira(1)

antonio miranda fernandes(1)

antónio ramos rosa(1)

augusto de campos(1)

boy(1)

carlos alberto soares(2)

carlos drummond de andrade(1)

cecília meireles(1)

cecília meireles ; pensamentos(1)

charles ramuz(1)

clarice lispector(2)

classificados(1)

david mourão-ferreira(1)

desabafo(1)

desabafos meus(65)

desafios(1)

elisa lucinda(2)

ernesto cardenal(1)

eu(1)

eugénio de andrade(2)

fernanda guimarães(1)

fernando amaral(1)

fernando pessoa(3)

florbela espanca(3)

folhetim de amor(132)

frases " ocas "(98)

friedrich nietzsche(1)

gustavo bécquer(1)

haruki murakami(1)

hugo von hofmannsthal(1)

ibn sâlih ash-shantamarî(1)

inspira-me(1)

isabel ferreira(1)

jalal ud-din rumi(1)

joaquim pessoa(1)

johann goethe(1)

jorge luís borges(1)

jorge palma(1)

jorge viegas(1)

josé leonardo(1)

josé luis peixoto(2)

josé luís peixoto(1)

lupe cotrim(1)

machado de assis(1)

manuel antónio pina(1)

marcia ruth kanitz(1)

margarida faro(1)

margarida rebelo pinto(1)

maria do rosário pedreira(1)

maria teresa horta(2)

maureo gouvea(1)

melhor canção de amor(1)

mia couto(2)

miguel esteves cardoso(1)

miguel torga(1)

natal(1)

nuno júdice(3)

olva guera(1)

pablo neruda(2)

palavras dos poetas(167)

palavras dos poetas; inspira-me(1)

pedro paixão(2)

pedro tamen(1)

pensamentos(47)

protágoras de abdera(1)

ruy belo(1)

safo de lesbos(1)

sapo(1)

selo(4)

séneca(3)

sophia de mello breyner andresen(1)

tarde(1)

teixeira de pascoaes(1)

torquato da luz(1)

vasco gato(1)

victor hugo(1)

ward(1)

william shakespeare(2)

todas as tags