Sábado, 26 de Outubro de 2013

Morrer de Amor é Assim

 


Quem morre de tempo certo
ao cabo de um certo tempo
é a rosa do deserto
que tem raízes no vento.

Qual a medida de um verso
que fale do meu amor?
Não me chega o universo
porque o meu verso é maior.

Morrer de amor é assim
como uma causa perdida.
Eu sei, e falo por mim,
vou morrer cheio de vida.

Digo-te adeus, vou-me embora,
que os versos que eu te escrever
nunca os lerás, sei agora
que nunca aprendeste a ler.

Neste dia que se enquadra
no tempo que vai passar,
termino mais esta quadra
feita ao gosto popular.

Joaquim Pessoa


soflor às 21:36

| Coloquem a vossa pétala

Pétalas alheias:
De a 27 de Outubro de 2013 às 01:05
Por todas as razões e mais uma. Esta é a resposta que costumo dar-te quando me perguntas por que razão te amo. Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar.
Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque fazes sentir-me bem. E porque me surpreendes e porque me sufocas e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras.
Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim mas também porque não e, quem sabe, porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões.
Mas há mais uma: porque não pode existir outra como tu.

Joaquim Pessoa


Comentar post

Espaço onde vou espalhar as minhas pétalas... o meu verdadeiro Eu........

Eu...

Pétalas recentes

...Como nuvens...

... nada e algo....

... tarde..

Inconstância...

... um dia ...

tags

(padre) vasco pinto de magalhães(1)

2009(1)

a. manzoni(1)

affonso romano de sant'anna(1)

albano martins(1)

alberto caeiro(2)

alberto de serpa(1)

alberto moravia(1)

alexandre o`neill(1)

alice vieira(1)

allan julianelli(1)

almeida garret(1)

alvaro de campos(1)

amizade(1)

ana hatherly(1)

ana luísa amaral(1)

ana teresa silva(1)

angélica teresa almstadter(3)

anna akhmátova(1)

antero de quental(1)

antónio feijó(1)

antónio mega ferreira(1)

antonio miranda fernandes(1)

antónio ramos rosa(1)

augusto de campos(1)

boy(1)

carlos alberto soares(2)

carlos drummond de andrade(1)

cecília meireles(1)

cecília meireles ; pensamentos(1)

charles ramuz(1)

clarice lispector(2)

classificados(1)

david mourão-ferreira(1)

desabafo(1)

desabafos meus(65)

desafios(1)

elisa lucinda(2)

ernesto cardenal(1)

eu(1)

eugénio de andrade(2)

fernanda guimarães(1)

fernando amaral(1)

fernando pessoa(3)

florbela espanca(3)

folhetim de amor(132)

frases " ocas "(98)

friedrich nietzsche(1)

gustavo bécquer(1)

haruki murakami(1)

hugo von hofmannsthal(1)

ibn sâlih ash-shantamarî(1)

inspira-me(1)

isabel ferreira(1)

jalal ud-din rumi(1)

joaquim pessoa(1)

johann goethe(1)

jorge luís borges(1)

jorge palma(1)

jorge viegas(1)

josé leonardo(1)

josé luis peixoto(2)

josé luís peixoto(1)

lupe cotrim(1)

machado de assis(1)

manuel antónio pina(1)

marcia ruth kanitz(1)

margarida faro(1)

margarida rebelo pinto(1)

maria do rosário pedreira(1)

maria teresa horta(2)

maureo gouvea(1)

melhor canção de amor(1)

mia couto(2)

miguel esteves cardoso(1)

miguel torga(1)

natal(1)

nuno júdice(3)

olva guera(1)

pablo neruda(2)

palavras dos poetas(167)

palavras dos poetas; inspira-me(1)

pedro paixão(2)

pedro tamen(1)

pensamentos(47)

protágoras de abdera(1)

ruy belo(1)

safo de lesbos(1)

sapo(1)

selo(4)

séneca(3)

sophia de mello breyner andresen(1)

tarde(1)

teixeira de pascoaes(1)

torquato da luz(1)

vasco gato(1)

victor hugo(1)

ward(1)

william shakespeare(2)

todas as tags